quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Viagem entre sonhos

O garoto olhava fixamente o horizonte,
Cama de sonhos intocavelmente extensos!
Moveu os dedos apontados ao longe
Para um mundo que então desejara,
Sem conhecer nunca sua chegada...

Nos caminhos de nuvens tentou flutuar
Mas logo fora obrigado a acordar...
...Era a realidade a lhe chamar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário