quarta-feira, 13 de abril de 2011

Sorria

Quando lágrimas transbordavam chagas,
Um gesto resgatou-me a esperança!
Sorriu, como num ato de bravura,
A inocência pura de uma criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário