sábado, 26 de novembro de 2011

Silêncio (haicais)

Sentir-se ausente,
Lutando contra o tempo
No correr da calma...

Faz-se a prisão
Num coração já fechado
Por gritos calados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário