quinta-feira, 4 de maio de 2017

Solidão

É solidão o que bate
À porta do meu coração...
Fruto da ausência,
Incômoda desilusão...
Ao redor, apenas versos,
Como desabafos, dispersos...

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Vazio


Sentiu o vazio invadindo seu ser...
Como numa fuga, tentou esquecer
A pessoa com quem sonhava viver...

Do luto, restaram apenas versos,
Que escorriam dispersos,
Encharcando a folha de lágrimas,
Até que, de tanta dor, ficou imerso,
Rendendo-se ao vazio de um futuro incerto...


sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Ao povo que luta


Erguem-se cansadas suas enxadas!
Quase mecânicas são as mãos inchadas
De um árduo caminho que se fez estrada...

Gritos clamam a hora de chegada
Mas o que ecoa é a ordem do patrão:
“Quem parar não ganha um pedaço de pão”

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Pedras no caminho...


Busco, na extensão do vazio,
Sinais quaisquer de esperança.
Esqueço, num desalento frio,
Minha carência de bonança...

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Sol


Olhou da janela
O céu banhado de luz:
- Que dia de paz!

sábado, 30 de junho de 2012

Benção

Com meus joelhos dobrados,
Encontro paz em meu ser.
Recebo d’Ele, calado,
Mais um dia “pra” viver!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Ela!...


Em meu coração
És um pedaço de amor,
Mulher que desejo!