terça-feira, 12 de outubro de 2010

O néctar dos teus lábios

Tua boca pede, ao se entregar,
Meu desejo, que pousa em ti,
Na nossa carne, a aflorar.

No doce sabor dos teus beijos,
A fonte de um amor intenso,
O mais celeste dos desejos!

A cama, um paraíso imenso
De dois corpos que se tornam um,
No calor do especial momento
Em que o prazer se faz comum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário